Úlcera gástrica: como tratar?

A úlcera gástrica, também chamada de úlcera estomacal ou úlcera péptica, é um tipo de lesão que se forma na mucosa estomacal. Basicamente, é uma ferida que fica aberta dentro do estômago e que provoca sintomas muito incômodos, como dores, queimação, enjoo, vômitos e, em alguns casos, sangramento nas fezes.

A imagem mostra o tronco superior de um homem, ele está com as mãos no estômago, e há um efeito vermelho no local representando dor.

Diversos fatores podem desencadear uma úlcera, como a alimentação, o tabagismo, consumo de bebidas alcoólicas, uso de medicamentos ou a infecção pela bactéria Helicobacter pylori. A genética também favorece o surgimento dessas lesões, e altos níveis de estresse podem reduzir a imunidade estomacal e desencadear as úlceras.

Esse problema, embora não seja considerado como grave, afeta de forma significativa a qualidade de vida. Além disso, pode trazer complicações em função da dificuldade que algumas pessoas sentem para se alimentar. Por isso, ele precisa de tratamento, e neste artigo explicamos quais são as opções. Confira!

Identificação da causa

Antes de dar início ao tratamento da úlcera gástrica, o médico investigará quais são as suas possíveis causas. Afinal, como você viu, ela pode ser desencadeada por diversos fatores, então, a terapia é definida com base naquilo que está provocando as lesões no estômago.

Geralmente todos os pacientes precisam de medicação para que a úlcera cicatrize, porém, dependendo do que a causou, também pode ser necessário adequações nos hábitos e outras mudanças para evitar que novas úlceras se formem. Veja a seguir quais tratamentos são adotados.

Medicamentos inibidores da acidez

A úlcera gástrica se forma quando, por algum motivo, o estômago apresenta suscetibilidade para os ácidos que ele mesmo produz. Naturalmente, tem uma camada de proteção, mas quando acontece algum problema essa camada enfraquece e os ácidos agridem os tecidos estomacais.

Para que a úlcera consiga cicatrizar é preciso, então, reduzir esse nível de acidez para cessar essas agressões ao estômago. Algumas substâncias utilizadas são o Pantoprazol, Omeprazol, Esomeprazol e Lansoprazol.

Antibióticos

Não são todas as pessoas com úlcera gástrica que precisam fazer uso de antibióticos. Nesse caso, o medicamento é recomendado apenas para aquelas cujas lesões foram desencadeadas pela infecção pela bactéria Helicobacter pylori.

O tempo de duração do tratamento é adequado de acordo com as necessidades do paciente. Além disso, o médico pode definir se há necessidade de algumas mudanças nos hábitos alimentares ou a administração de outras substâncias em conjunto.

Adequações na alimentação

Uma vez que a úlcera gástrica está relacionada com os ácidos estomacais também é preciso ter mais atenção com os alimentos, porque alguns podem agravar a acidez estomacal e favorecer as lesões, piorando o quadro.

É importante dar preferência para alimentos naturais, como legumes, frutas e verduras, sempre cozidos. As carnes magras, os grãos e laticínios light também podem ser consumidos, mas é importante evitar os refrigerantes, alimentos gordurosos, frituras doces e quentes demais.

Abstinência do cigarro e do álcool

As toxinas presentes no cigarro ajudam a agravar a úlcera gástrica, por isso, pessoas fumantes recebem a recomendação para evitar ao máximo esse hábito e, se possível, se abster totalmente do tabaco. Assim garantimos a total cicatrização da lesão e evitamos que outras se manifestem.

As bebidas alcoólicas também são bastante agressivas para o sistema digestivo, e quem tem úlcera pode ter o quadro agravado em função delas. Então, o ideal é se abster pelo menos durante a duração do tratamento, e minimizar o consumo após o quadro revertido.

Redução do estresse

Conforme explicamos, pessoas muito estressadas ou que estão passando por um momento estressante apresentam complicações gástricas, que podem evoluir para a úlcera. Assim, o tratamento envolve a redução do estresse.

O indivíduo precisa investir em atividades prazerosas e relaxantes, bem como em boas noites de sono, para que possa aliviar a tensão. Essa medida associada a uma alimentação equilibrada e o uso dos inibidores de acidez pode ser suficiente para cicatrizar a lesão.

É verdade que podemos encontrar facilmente receitas caseiras para tratar a úlcera gástrica porém como ela é decorrente de diferentes fatores o ideal é procurar um especialista assim ele fará uma investigação do seu caso para descobrir quais são as causas e eliminar esses fatores dessa forma você fará um tratamento eficaz garantindo ainda mais saúde.

DR. MARCELO LINHARES

CRM 112046

Sou Marcelo Linhares, graduado em Medicina pela Universidade Federal do Ceará, em 1989.

No ano de 1998, fiz mestrado em Medicina (Gastroenterologia Cirúrgica) pela Universidade Federal de São Paulo, com aperfeiçoamento em Cirurgia  Hepatobiliar, na Université Paris-Sud XI no Centre Hépato-Biliaire do Hôpital Paul Brousse, Paris-FRA, em 2000.

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × dois =

AGENDE SUA CONSULTA

FALE CONOSCO

× Agende sua consulta